Mais um regresso

É altura de regressar, mas também de resistir e até combater contra o impulso de deserdar todas as palavras que se aninham no passado. Mais fácil mudar de template, aqui para a casa, mais fácil ir revendo as ligações, pouco a pouco, mais edificante viver com o desconforto daquilo que se escreveu no passado e que continua a informar o meu futuro. Estou com Leonard Cohen, e talvez com Pedro Mexia também: desconfiemos um pouco das ideias novas, até que delas precisemos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: