Salmões reais

Confesso que estava à espera de ficar mais animado com o pateta Švejk. Como isso não sucedeu, virei-me para aquilo que se revelou ser o melhor livro sobre salmões que eu li este mês, do qual retiro uma eloquente troca de impressões entre a Rainha Mãe de Inglaterra e um guarda florestal seu conhecido, a propósito de um dia chuvoso de Inverno em Deeside:

‘Dreadful day, Robertson.’

‘Cuntin’ awful, Ma’am, cuntin’ awful.’

To Sea and Back: The Heroic Life of the Atlantic Salmon

Richard Shelton

Com as etiquetas , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: