La città ideale

Urbino

Errante, fatigado, parto hoje para duas semanas de exílio em terras mais itálicas. Direcção a Roma, eternamente, mas depressa me dirigindo às Marcas e à incomparável cidade de Urbino, em cima representada numa fotografia cheia de granulação. A cidade ideal? Não como Laurana (ou Piero della Francesca, quem sabe?) a imaginava, mas uma jóia única de qualquer modo, e um local que teve o privilégio de não ter mudado uma pedra desde os tempos em que Castiglione lá escreveu o Libro del Cortegiano. Pelo meio haverá tempo para o assombro florentino, os mosaicos de Ravenna, a fruição de Bolonha, e talvez alguns passeios ao longo da costa Adriática.

 

Com as etiquetas

One thought on “La città ideale

  1. Catarina diz:

    ao início da tarde passou um rapaz na livraria onde trabalho. estive quase-quase a perguntar-lhe por itália. depois tive vergonha. pergunto-lhe amanhã.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: