O artista que não é artista confessa-se

Em teias pegajosas de criação circular, ando embrenhado na escrita de um pequeno conto há vários meses. E, depois de um breve e produtivo período de euforia criativa, o insonso desespero e desfalecimento tende a instalar-se pesadamente.

Não há motivo especialmente grave ou sequer estrutural para toda esta esterilidade de pensamento. Diante do clínico espelho da minha estima definhante, ainda consigo confiar nas minhas capacidades, bem como na força relativa das ideias que pretendo verter em papel. As minhas musas ainda me visitam, e eu procuro manter os meus espaços arrumados para as receber com a dignidade que merecem.

Contudo, sem o benefício das longas horas de dedicação de outrora – tantas vezes os momentos de surdina e reflexão que só a negra noite oferece – a minha escrita surge fragmentada. Acumulo notas, surtos de ideias que fixo no eterno caderninho presunçoso no bolso interior do meu sobretudo (ou na fiel sacola, se for fim de semana e estiver à civil). Quando isto sucede, e porque sei ter pouco tempo, acabo por desenvolver as ideias com um fulgor superior ao que seria necessário a uma mera nota. Sôfrego e trôpego, debito desenvolvimentos que pertencem à vastidão de uma página em branco, e não ao recanto exíguo de um caderno.

Sinto que estou a pormenorizar tanto as minhas notas que, quando surge a altura de cuidadosamente urdir o texto, nada me aparece com a frescura da novidade. A minha mente recusa-se a espraiar-se com aquela naturalidade desarmante que ocasionalmente brilha sobre as linhas, desencantando uma palavra genial ou encontrando um paralelo admirável. De certa forma, tudo já surge escrito, e limito-me então a trilhar sobre linhas apressadas e a afunilar o meu raciocínio ao que antes fixei.

É imperativo que reeduque os meus métodos criativos. Escrever uma única vez. Rever quantas for preciso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: